quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Blogagem Coletiva || Como podemos conhecer músicas novas?

, NOME
Hey minna~
Como estão? Comigo está tudo bem. Hoje de manhã pude ir à praia, por isso sem dúvida nenhuma que o dia começou da melhor maneira. Agora vou provavelmente continuar a dedicar-me à leitura de A Rapariga Que Roubava Livros, que quero muito terminar de ler e, consequentemente, escrever sobre ele aqui.
Hoje as Pristin lançaram o videoclipe da sua nova música, We Like. Eu não sou fã delas, e honestamente não achei a música nada de extraordinário, mas acho que consegue ser melhor que a Wee Woo, apesar de que qualquer uma delas fica na cabeça. A parte que mais gostei da música foi definitivamente o refrão.
Aliás, este post vai ser dedicado exatamente a isso mesmo: música. Se estiverem interessados cliquem em ler mais!

domingo, 20 de agosto de 2017

Olhem quem está de volta!

, NOME
Hey minna~
Vou-vos ser sincera, desta vez não achei que voltasse. Estive tanto tempo longe do blog e tão ocupada que pensei mesmo em deixá-lo para trás de vez, porque apesar de gostar muito da blogosfera e de vir aqui escrever, a verdade é que há muito mais além disto. Imensas outras coisas que adoro fazer além de escrever neste meu pequeno cantinho. No entanto, apesar de tudo, poder partilhar a minha opinião acerca dos mais variados tópicos é algo que me deixa muito feliz e que, francamente, me faz falta.
Sempre que deixava de aqui vir era pelo mesmo motivo, falta de inspiração. Mas fiz uma realização muito recentemente. Inspiração está em todo lado. Assim sendo, vou continuar a vir aqui falar da minha vidinha e das coisas de que mais gosto. Além disso, vou definitivamente focar-me em fazer várias reviews, seja de livros, anime, filmes, séries... vocês perceberam a ideia. Até porque isso me vai obrigar a devorar mais e mais histórias, sejam elas em que formato forem, que é algo em que me quero concentrar. Aliás, fiz algumas mudanças no blog, e como podem ver na sidebar, lá encontra-se escrito o que ando atualmente a ver, ler e jogar, para que possam dar uma vista de olhos. Além disso, caso estejam interessados, alterei a página do About.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

"I'll save you..."

, NOME

"Don't worry. Everything will be alright. Trust me."
Those were the words I heard you saying. It is ironic, isn't it? I thought.
You were the one saying for me to trust you when you were the one who didn't trust me. You were the one telling me that everything was going to be alright when I should be the one telling you that. 
You always hide yourself behind that mask. Behind that strong image of yours. Everyone could see that you were suffering, but perhaps you needed that mask not to show us that you were okay but to convince yourself of that. And I've been here through it all. I've been watching you from up close, knowing that you were suffering, but incapable of doing anything to change that. I just wish you would trust me. I just wish you would talk to me and let me help. I always trusted you and your judgement, that's why I never left your side, even when you pushed me away. But now it's time for you to let me in.
"Yes, you're right. Everything will be alright. Because we're going to face this. Together." I answered.

"Não te preocupes. Vai ficar tudo bem. Confia em mim"
Essas eram as palavras que te ouvi dizer. É irónico, não é? pensei.
Dizias-me para confiar em ti quando eras aquele que não confiava em mim. Dizias-me que tudo ia ficar bem quando eras aquele a quem eu deveria dizer isso.
Sempre te escondeste por detrás dessa máscara. Por detrás dessa tua imagem forte. Toda a gente conseguia ver que estavas a sofrer, mas talvez precisasses dessa máscara não para nos mostrares que estavas bem mas para te convenceres disso. E eu estive sempre aqui. Tenho-te observado de perto, sabendo que estavas a sofrer, mas incapaz de fazer algo para mudar isso. Só queria que confiasses em mim. Só queria que falasses comigo e me deixasses ajudar. Sempre confiei em ti e no teu julgamento, é por isso que nunca te deixei, mesmo quando me afastavas. Mas agora é o momento para me deixares entrar.
"Sim, tens razão. Vai ficar tudo bem. Porque nós vamos enfrentar isto. Juntos." respondi.

Texto ficcional da minha autoria.